Newsletter

If you want to receive the most important news of the band in your inbox in english, you must only write your mail, and all weeks you will have a resume in your mailbox. Try it!
Newsletter

terça-feira, 26 de abril de 2011

HELP Japan - Pins


Muito simplesmente e em qualquer parte do mundo, podes contribuir com ajuda, para a campanha que os TokioHotel estão a realizar no momento. "TH for Japan" intitula-se esta campanha que já conta com mais de 3000 euros arrecadados.
Para ajudar basta comprar os pins que receberás em tua casa.
Podes escolher o pacote de 5€; 15€; 25€ de acordo com as tuas posses.
Nota: Os TokioHotel revertem o valor total dos pins para ajuda.

Clica Aqui

terça-feira, 15 de março de 2011

domingo, 13 de março de 2011

Outro vector

Fonte: Flickr

Alguns Vectores



Fonte: Devianart

sábado, 12 de março de 2011

sábado, 5 de março de 2011

"Und... Emm...Ja!"

quarta-feira, 2 de março de 2011

Fan Action

"Se és fã dos Tokio Hotel e gostas de escrever esta mensagem é indicada para ti. Porquê? Bem em tenho alguns livros escritos sobre os nossos meninos. E desde algum tempo que resolvi começar a colocar coisas feitas pelos fãs. Por isso se me quiseres ajudar só tens de escrever um ou mais textos sobre episódios que tenhas vivido com os Tokio Hotel, por exemplo, concertos, sessões de autógrafos, o Optimus Secret Show…enfim…
Fico à espera dos vossos textos
Enviem para vanessadaniela19@hotmail.com
Fiquem bem com muito Tokio Hotel"

terça-feira, 1 de março de 2011

Kaulitz Num Episódio do Bugs Bunny


Fonte: THZone.org

Cosmo Shine nº 25 (Bosnia) - Tradução





No ano passado, Bill e Tom Kaulitz estiveram em tour com a banda Tokio Hotel. Durante a intitulada tour "Welcome to Humanoid City Tour", a banda visitou Paris, Barcelona, Roma e muitos outros lugares. Bill e Tom também participaram como um modelo, juntamente com o mundo da música. Tom é o rosto publicitário da Reebok, Bill fez uma apresentação no Milan Fashion Week, e as fotos tiradas enfeitou as capas da Vogue, GQ - todas as revistas de moda conhecidas as viram. Mesmo o estilista Karl Lagerfeld, que normalmente é um pouco arrogante, falou amorosamente sobre o Bill.

Em completo contraste com seu guarda-roupa no palco, podemos vê-lo vestido com clássicos fatos italianos. O que pensas sobre isso?

Bill: É definitivamente algo que eu não uso todos os dias, e eu gosto, mas de vez em quando. Podes fazer combinações, por exemplo, conjugar com alguns casacos e calças de ganga e tal. Eu não gosto da minha máscara. Qualquer coisa que me faz sentir como "Eu não estou na minha própria pele" está fora de questão. Ternos e paletós são demais para o palco, muito elegantes, eu gosto de usar casacos de cabedal e coisas que eu me possa mover, como as roupas que eu uso no palco. Talvez eu possa usá-lo para uma ou duas músicas ... mas não mais.

Vocês sabem que as tendências da moda mudam rapidamente. Portanto, provavelmente tem diferentes formas de desenvolver o seu próprio estilo.

Bill: Eu acho que vou estar sempre bem com a roupa, e outros como apenas uma vez e depois nunca mais. Isso acontece-me regularmente agora, também. Normalmente eu não tenho vergonha de usar algumas do meu passado, mas há coisas que eu olho e penso: "Oh Deus, como eu poderia usar isto?" É uma parte normal do crescimento para encontrar o caminho certo. Há sempre momentos em que você quer mudar e tentar algo novo e fresco.

Todo mundo tem um modelo. Qual é o teu ídolo rock que atrai a tua atenção?

Bill: Eu nunca tive um modelo, mas eu gosto de David Bowie e Steven Tyler. Mas eles nunca foram um ícone da moda para mim.

Um grande sinal de sentido de forma em poucas palavras é Karl Lagerfeld, que teve um interesse pessoal em Tokio Hotel. Eu fiz um livro com ele para a moda da revista Vogue. Isso foi uma grande honra. Eu fiquei muito interessado em moda desde que era pequeno. Eu costumava fazer as minhas próprias roupas, quando eu era criança, então trabalhar com Karl Lagerfeld foi um sonho para mim. Foi um momento incrível. Estou muito satisfeito, tinha percebido os meus esforços e tenha gostado do que eu faço.

Como faço para criar um estilo pessoal que está na moda?. O que inspira o teu estilo?

Bill: Eu acho que a inspiração vem de diferentes lugares. É uma espécie de misto na minha situação. Eu comecei com cabelo e maquilhagem. Quando eu era criança eu gostava de filmes de vampiros, e um ano, fui a uma festa de Halloween vestido como um vampiro, realmente gostei, então passei a andar vestido assim na minha vida privada.

Fá-lo muito popular. Mas uma coisa que nunca irá usar?

Bill: Oh, bem, eu nunca vou usar as roupas que Tom veste, e os cabelos, também está fora de questão.

Claro que sim. Têm um estilo muito diferente pessoal do do seu irmão.

Bill: Bem, como o tempo passa, nas roupas do Tom, já há algo que eu goste. Eu posso tentar mudar isso, mas acho que nunca vou mudar de roupa. E que até 6 anos de idade, vestia-mos as mesmas roupas e tivemos camisas com o nome "Bill" e "Tom" neles para que as pessoas pudessem diferenciar-nos. Então veio o momento que começamos a usar o que queríamos e nossa mãe nos preparou toda a roupa dia. Então, automaticamente, a moda era em direcções diferentes. O estilo do Tom sempre dependeu dos seus gostos, só ouve hip-hop e nada mais, embora esteja em uma banda de rock. Sempre será, é o Tom.

Mas vocês ainda têm muitas coisas em comum.

Tom: Bill e eu somos como uma pessoa, mas nós temos diferentes aspectos, e quando estamos juntos fazemos a combinação perfeita. Temos gostos diferentes, mas estamos sempre na mesma linha. Eu sei exactamente o que Bill está a pensar, então nós temos que falar de entender.

Vocês têm um novo álbum, The Best Of. Como é ter um álbum com as melhores músicas em suas mãos?

Bill: Parece um pouco estranho ter um Best Of tão rapidamente das nossas carreiras, mas por outro lado, estamos muito orgulhosos de ter uma enorme coleção de hits, o suficiente para um best of. Há duas novas canções, é uma "Mädchen aus dem All", de 2002.

Tom: Sim, Bill e tua voz era muito diferente daquela época, ele ainda não tinha começado a mudar. Bill: Sim, e há uma outra canção, "Huricanes and Suns", de 2009.

Mudaram-se para Los Angeles. É para a privacidade, ou escrever e compor, sem um monte de pessoas a perturbar?

Tom: Sim, temos uma óptima vida em Los Angeles, na medida em que a nossa privacidade está em causa. Nós escrevemos a maioria das nossas músicas do álbum "Humanoid", em Los Angeles.

Vocês fizeram uma campanha para a PETA, podem dizer algo sobre isso.

Tom: Ah, as fotos foram surpreendentes!

Bill: Nós amamos muito os animais. Temos quatro cães bonitos e quatro vêm de abrigos de animais.

Tom: Sim, e nós somos vegetarianos há dois anos.

Bill: PETA pediu para participar numa campanha para apoiar os pobres animais mantidos em circos a passar por um monte de stress e de tortura, e é claro que eu disse sim imediatamente. Eu posso identificar-me com esses animais.

Tokio Hotel também fez uma doação a uma escola. Como é a sensação de ser capaz de ajudar os outros e dar-lhes o que eles precisam?

Bill: Nós estamos felizes em ajudar e de dar aos outros, vimos de uma família musical, por isso é importante para nós. Eu sempre tive a oportunidade de fazer música, porque tivemos acesso aos instrumentos, assim ajudando os outros que não têm o equipamento necessário é uma grande alegria para nós.

Fonte: Astúrias TH

Tradução: Tânia

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Tokio Hotel Em Morangos Com Açúcar


No ecrã World Behing My Wall.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Um passo de dança e um strip mediato!

Enquanto o Georg seduz o Bill com a dança, este já despe o casaco xD

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

O Georg aparece em algumas cenas!

Sejam pacientes e tomem atenção.
:o

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Bill Kaulitz "não comemoro o Dia dos Namorados porque não tenho namorada"

Esta semana vamos apresentar a fenomenal banda de rock alemã Tokio Hotel. Ontem, na verdade, Nana Otsuka conheceu e entrevistou membros os Tokio Hotel, que visitaram o Japão.

Até hoje, já venderam mais de 7 milhões de álbuns! Eles são os artistas de maior sucesso na Alemanha, nos últimos 20 anos.

Esta semana, os Tokio Hotel param no Japão!

Ontem, num edifício em Tóquio, fui ver o irmão gémeo do cantor Bill, o guitarrista Tom.

Eu também conheci o baixista Georg e o baterista Gustav!

A roupa do cantor Bill são de certo incomum, como em tudo! Estava esplêndido! Como era de esperar, e foi maravilhoso!

Primeiro perguntei a historia do nome da banda, de um surgiu Tokio Hotel.

Bill: É uma pergunta que é feita com frequência. A banda foi formada quando éramos jovens e o primeiro nome do grupo era Devilish. Eu queria um nome fixe, e a busca para o nome do novo grupo, foi lançado "Tokio Hotel". A ideia parecia boa, Tóquio foi uma cidade muito longe e fez-nos sentir motivados, nós gostamos porque achamos que era um objectivo. Incluindo a palavra "Hotel", foi o mundo que sonhamos. Então, "Tokio Hotel", pareceu-nos um bom nome.

"Tóquio é uma meta", sonhava com o símbolo de um lugar [TÓQUIO -> Tóquio].

E o símbolo do seu desejo de ganhar a vida em tour, com estadias em hotéis -> HOTEL.

O nome do grupo é cheio de sonhos.

Mais tarde, falei-lhes sobre o CD de estreia japonês, "Dark Side of the Sun". Ouvi dizer que é um álbum conceitual.

Bill: Primeiro, realmente queríamos fazer uma edição especial para os fãs japoneses.

Penso que conseguem entende as músicas do álbum dos Tokio Hotel. Tivemos que incluir duas novas canções de álbuns anteriores. Deste ponto de vista, penso que este é o melhor álbum que já saiu do Tokio Hotel. Quanto à selecção de canções, cada membro do grupo escolheu a sua preferida. Por exemplo, nós decidimos que Monsoon tinha que ser, porque uma canção é muito especial para nós, é o nosso primeiro single.

Dentro de alguns dias é 14 de fevereiro, Dia dos Namorados. No Japão, a tradição é uma rapariga dar chocolates ao rapaz de que gosta. Esta é a reacção quando eu lhe disse!

Bill: A sério? Temos que introduzir esse hábito na Alemanha! Eu invejo os rapazes japoneses. Há também Dia dos Namorados, na Alemanha. Mas são os rapazes que dão presentes para as raparigas. Também se pode dar presentes para pessoas importantes para nós como a família. Eu não faço nada, porque eu não tenho nenhuma namorada, mas o Georg faz. Porque não oferecer algo como um carro ou um diamante?

Gostaria de ser um rapaz japonês. Na Alemanha e no Japão, alguns costumes são diferentes! Eu não sabia que o Georg tinha uma namorada! Os membros dos Tokio Hotel decidiram deixar uma última mensagem para o público.

Bill: Obrigado pelo apoio contínuo, pessoal. Estou muito feliz por estar em Tóquio. Vemo-nos em breve!

Fonte: Saturday Sonic

Tradução: Tânia

Nova Foto Bill Na Patinagem


Como prometido, aqui está a primeira foto da actividade "secreta" que falamos há alguns dias atras ;) eles foram finalmente patinar no gelo numa pista de patinagem que falaram no último episódio TH TV! :D

Fonte: Monsun Magazin Facebook

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Tokio Hotel Tokyo 07/02/2011


Fonte: THJ

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Anime aos Quadradinhos 2

Não são vegetarianos?
Desde quando pessoas vegetarianas comem peixe?
Gustav: Eu sempre disse que na verdade eles não eram vegetarianos
Georg: Sim, Eu já tinha dito

Tradução: Tânia
Fonte: ATH

Tom's Blog 07/02/2011

Honestamente, pensei que fosse de uma forma diferente ;)
Tradução: Tânia
Fonte: TH

Tradução do DVD "Darkside of the Sun"

Quando vocês apresentam a Alemanha para os fãs japoneses dos Tokio Hotel, que tipos de comida, lugares para visitar ou qualquer outra coisa recomendam?

Bill: Acho que é difícil recomendar alguma comida... O Weißwurst é muito famoso, mas o Tom e eu somos vegetarianos, então não recomendaríamos aquilo. Acho que a única coisa seria talvez a auto-estrada, porque...

Tom: A auto-estrada é boa.

Bill: Porque...

Tom: Podes conduzir o quão rápido quiseres.

Bill: Podes conduzir o quão rápido quiseres e acho que talvez seja o único lugar onde se pode fazer isso... Não tenho certeza se existem outros países sem limite de velocidade, mas na Alemanha é bem fixe. Então já sabes, aluga um carro e usa a auto-estrada.

Vocês já tiveram brigas sérias entre vocês?

Bill: Tivemos algumas brigas sérias, especialmente entre o Tom e eu. Na maior parte do tempo estamos bem com tudo e somos como uma só pessoa, muito conectados... Mas às vezes temos o nosso espaço e acho isso importante. Às vezes fazemos isso também entre a banda, acho que a última briga feia que tivemos foi há bastante tempo, com o Gustav no estúdio. Eu tinha 13 ou 14 anos...

Tom: Foi muito engraçado.

Bill: Foi muito engraçado...

Tom: ...e depois nós começávamos a chorar.

Bill: Quando brigamos, nós realmente brigamos, então é muito difícil para as outras pessoas, eu acho. Especialmente quando é entre mim e o Tom, porque usamos tudo, usamos mesas, cadeiras, qualquer coisa que esteja no quarto e é bem difícil... O importante é apenas destacar-se, porque Tom e eu precisamos de acabar com tudo e, depois disso, fica tudo bem. Depois de cinco minutos ficamos totalmente bem com tudo e pronto. Às vezes precisamos brigar um pouco.

Existe algum segredo em se darem bem uns com os outros?

Bill: Acho que, para nos darmos bem, é muito importante ter um "chefe". É importante saber "ok, o Bill é responsável por tudo", assim os outros ficam bem, podem relaxar como fazem o tempo todo, todos os dias, eu faço o trabalho, eu tomo as decisões e tudo o resto. Acho que esse é um bom jeito de nos darmos bem.

Georg: Nós deveríamos tentar fazer isso.

Tom: Sim, deveríamos tentar isso, eu dou-te todos os meus e-mails e podes fazer isso. (risos)

Bill: O segredo é que nós somos uma banda que se formou naturalmente, conhecemo-nos muito bem, h 10 anos, e acho que esse é um segredo, porque somos como uma família, como irmãos, conhecemo-nos muito bem, os nossos hábitos e tudo. Essa é, talvez, a coisa mais importante.

Se vocês pudessem escolher ser um animal, qual gostariam de ser?

Tom: Eu adoraria ser um cão.

Bill: Adoraria ser um cão também, porque Tom e eu temos quatro em casa e amamos cães. Acho que seria muito fixe ser um de nossos cães.

Tom: Se tens uma boa família, então...

Bill: Sim, é importante ter uma boa família, um bom espaço...

Tom: Viver, deitar no sofá, dormir... Comer.

Bill: Comer, sim. (risos) Acho que é a hora mais relaxante e é bem fixe, então eu seria um cão. E você?

Gustav: Hm...

Bill: Cão também?

Gustav: Sim, um cão também.

Bill: E o Georg?

Georg: Também um cãoo ou talvez um [ele disse "hog", mas acho que não foi o que ele quis dizer], eu adoraria voar.

Tom: Pareces um porco... Talvez um porco? (risos)

O que gostariam de comer no Japão?

Bill: Gostamos de sushi, mas precisa ser sushi vegetariano, pois o Tom e eu somos vegetarianos. Eles matam animais, então gostam de comer...

Gustav: Eu não mato animais...

Bill: Não tu, mas gostas de comer carne, então...

Gustav: Eu preciso de comer Mc (Donald's)!

Bill: (risos) Então... Talvez sushi vegetariano, mas não sei, acho que é bom ser surpreendido, então veremos que tipo de comida é boa no Japão.

Quais são vossas músicas preferidas?

Bill: Minha música preferida dos Tokio Hotel é "Dogs Unleashed" porque gosto da batida electrónica do novo álbum, o Humanoid. Gosto muito de "Dogs Unleashed" e a música de introdução, "Noise" e hm... Sim, essas são minhas músicas preferidas no momento.

Georg: Para mim é "Noise" também.

Tom: Para mim é "Gegen Meinen Willen".

Se vocês pudessem fazer o papel de outro membro dos Tokio Hotel por um dia, de quem seria?

Bill: Georg.

Tom: Georg.

Gustav: Georg.

Bill: Porque ele tem o trabalho mais relaxante que se pode ter, apenas duas olhadas e depois ficar fazendo "boom boom boom"...

Tom: É fácil tocar baixo e é fácil ser desajeitado...

Bill: ...Ficar sentado no sofá olhando para o lado. (risos)

Podem contar-nos como é a criação de uma música dos Tokio Hotel?

Bill: É sempre diferente, sabes, o último disco foi um pouco diferente, no geral, porque tivemos muitas coisas no estúdio. Então programamos alguns sons de teclado, algumas baterias... E depois disso o Tom toca a guitarra, e eu penso em algumas letras... Mas é sempre diferente, não fazemos de uma maneira só, é sempre... Bem diferente.

Tom: Na maioria das vezes eu tenho boas ideias na minha cabeça, então eu vou e digo: ok, tens de cantar assim...

Bill: Ele é um bom cantor, talvez pudesse...

Tom: Não, eu não sou um bom cantor, mas tenho boas ideias....

Bill: Ok.

Tom: Sabes cantar melhor que eu.

Bill: Tu sabes, és muito parecido. As vezes nós escrevemos em alemão primeiro, as vezes em inglês, depende da música.

Quais são suas cores favoritas?

Bill: A maioria das pessoas diz que não é cor, mas eu gosto de preto, então a maioria das minhas coisas e das minhas roupas são pretas e brancas e... Essa seria minha cor favorita. A cor favorita do Georg é rosa, eu sei onde...

Tom: Talvez branco e preto conte, mas eu gosto de vermelho.

Vocês gostariam de aprender japonês?

Bill: Eu acho que é uma língua muito forte e difícil de aprender. Alemão já é uma língua difícil, eu acho que seria muito... Eu sou muito preguiçoso, eu não gosto de aprender instrumentos porque eu sou muito lento para aprender... Eu sou muito preguiçoso com coisas assim, mas eu cantei uma música em japonês uma vez, nós traduzimos Monsoon há muito tempo, acho que há uns 5 ou 6 anos atrás, eu tive ajuda no estúdio. E eu acho que é uma coisa realmente engraçada para as pessoas japonesas ouvirem, se quiser dar uma olhada no Youtube...

Tom: Não dá pra entender uma palavra.

Bill: Mas foi bem difícil, eu tive ajuda, não eram só as letras japonesas, tinha que ouvir o som, entender o som, cantar a música... Foi engraçado, mas acho que seria muito difícil aprender a língua.

O signo de Bill, Tom e Gustav é Virgem. Virginianos são caracterizados como pessoas organizadas, perfeccionistas, obececadas por limpeza e muito cuidadosas com a saúde. Vocês acham que são esse tipo de pessoa?

Bill: Gustav é um pouco diferente, eu tenho que dizer... Ele é diferente, não é tão limpo e (risos). Mas Tom e eu somos, Tom é muito rigoroso com isso, organização e tudo, tudo tem que estar muito limpo e...

Tom: Limpo, eles são os sujos e eu o limpo.

Bill: Ele é muito obececado com coisas assim e.. É, eu acho que é verdade. Ah, nós somos perfeccionistas, Tom e eu, em tudo... As vezes é um pouco chato para as outras pessoas, e as vezes é chato para nós mesmos.

De onde vocês tiram inspiração?

Bill: Quando nós escrevemos uma música e estamos em estúdio, eu tenho tipo imagens na minha cabeça, então eu posso ver o vídeo, posso ver a mensagem por trás e sempre tenho algo em mente... Acho que nossa música, outras músicas, vídeos, histórias, designers são minha inspiração.

As roupas do "Humanoid City Live" eram confortáveis?

Bill: Eram muito quentes, e a primeira vez que eu coloquei as roupas no ensaio em Londres eu estava tipo: ok, eu acho que não consigo fazer a digressão inteira com esta roupa...

Tom: Era quente mas era bonita. (risos)

Bill: Eu tinha que praticar, e depois de alguns espectáculos já estava confortável... Foi uma coisa pra praticar e tinha que me acostumar a fazer, porque era novo pra mim, foi a primeira vez que eu troquei todas aquelas roupas. Mas eu estava muito feliz com elas, todo o look da digressão e o palco se encaixaram perfeitamente juntos e com as músicas, então foi uma digressão muito divertida.

Você precisou da aprovação dos outros membros dos Tokio Hotel para o seu piercing no nariz?

Bill: Não, eu não tenho que perguntar para os outras pessoas quando eu quero fazer um piercing, é sempre espontâneo, eu só vou e...

Tom: É doloroso mas parece bonito, e não foi naquela parte do corpo... (risos)

Bill: Foi bem doloroso, não foi tão fixe mas o Tom e eu queremos ter uma tatuagem de gémeos... Mas ele está com medo, não quer ir no estúdio de tatuagens, ele quer ter uma mas está com medo...

Tem algum guitarrista que vocês gostam em particular?

Tom: Eu sempre fui fã do Joe Perry, do Aerosmith. Sou fã da banda toda mas ele foi meu ídolo quando comecei a tocar guitarra. Eu tinha 7 anos, eu acho. Então Joe Perry é um deles, e claro, Slash e todos os outros.

Se vocês estivessem procurando por um carro novo, qual seria o principal critério para comprá-lo?

Tom: Eu gosto de carros rápidos, porque eu gosto da auto-estrada e de dirigir rápido, então o carro precisa de ser rápido e tudo está bem. E um bom sistema de som.

Quais são as vantagens de serem gémeos?

Bill: Eu acho que não tem nenhum lado negativo, na maioria das vezes, nós não conseguimos imaginar como seria estar sem a outra pessoa, estamos sempre juntos e fazemos tudo juntos desde... Eu não sei, há 21 anos nós fazemos tudo juntos...

Tom: Nós ficamos muito fortes juntos, porque sempre temos a mesma opinião e é muito difícil para os outros garotos...

Bill: Eu acho que é chato para as outras pessoas mas para nós é bom porque você nunca está sozinho... Eu acho que gémeos idênticos não conseguem imaginar como seria ser... Um filho normal, como Gustav e Georg. (risos) É tão fixe ter um gémeo idêntico, eu não sei como as pessoas fazem sem um gémeo, podemos compartilhar tudo...

Tom: Os mesmos problemas.

Bill: Sim, os mesmos problemas... Nós compartilhamos tudo, nossos pensamentos, a música...

Tom: Quer dizer, tu tens um problema que eu não tenho... (risos)

As pessoas dizem que gémeos possuem uma “ligação especial” – Vocês concordam?

Bill: Sim, a coisa engraçada é que nós não ficamos longe um do outro muitas vezes; nós estamos sempre juntos, como eu disse, mas houve uma vez que nós ficamos longe um do outro por uma semana ou algo assim. É engraçado quando eu fico mal ou algo de ruim acontece, Tom liga para mim e fala comigo. E teve outra coisa, eu tive um acidente de carro em 2009 e uns 5 minutos antes desse acidente o Tom ligou-me e disse: “Te cuidado porque eu tive um mau pressentimento. Sinto como se algo mau fosse acontecer, tem cuidado com tudo.” E eu disse: Sim, sim, ok. Está tudo bem.

Tom: Eu nunca liguei por algo desse tipo.

Bill: Não, ele nunca tinha feito algo parecido com isso. Isso foi muito estranho, mas eu pensei “Ok, eu não sei o que aconteceu com o Tom”. Então eu peguei meu carro...

Tom: E dirigiu muito rápido pela auto-estrada.

Bill: Não, não era muito rápido, mas eu tive um acidente. Então, tem alguns desses momentos mágicos e essa ligação especial que não conseguimos descrever. Eu acho que é uma coisa apenas com outros gémeos idênticos mesmo, porque eles talvez consigam entender o que nós falamos, porque é muito difícil para pessoas “normais”... Filhos normais. (risos)

Georg, qual é o segredo por trás do seu lindo cabelo? Você usa algum shampoo especial?

(todos riem)

Georg: É tudo natural. É tudo natural, é beleza natural.


Adaptação para português de Portugal por: aniinhas - THF Portugal

traduzido por: thbr revolution

sábado, 5 de fevereiro de 2011

É Verdade!



Fonte: OfficialGroupiesTHSpain

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Nova Imagem

E se assim fossem os Tokio Hotel? com as identidades trocadas? xD

Tom's Blog 31/01/2011

A Tattoo que eu poderia querer também.

Ao contrário do meu pequeno irmão, eu não estou realmente interessado em colocar agulhas e tinta na minha pele suave ;) mas está é sem dúvida uma agradável que eu poderia querer muito.

Facebook - Bill colaboração com um artistaa

Last week, Bill recorded a track in collaboration with another artist....awesome surprise! We’ll keep you posted!

Na semana passada, o Bill gravou uma música com colaboração de outro artista.... maravilhosa surpresa! Vamos esperar que revelem.

Tradução: Tânia

Fonte: Facebook

domingo, 30 de janeiro de 2011

Facebook - Uma arma poderosa, mas não tanto!

Os TokioHotel de momento contam com 1 milhão de amigos, não chegam a 2 milhões.
A artista Lady Gaga conta com 27 milhões de amigos.
O Justin Bieber arrecada 19 milhões de amigos.
(amigos= gostos)
Por favor, não vamos deixar que os Tokio Hotel tenham uma disparidade destas contra eles. Adicionem todos o Facebook deles. Afinal eles acima de tudo, merecem-no.

Facebook - Bill e Tom de volta ao estúdio

Tokio Hotel Tonight, Bill and Tom will be back in the studio for a writing session and to record some new tracks! Stay tuned!!!

Fonte: Facebook

sábado, 29 de janeiro de 2011

Revista Nylon 03/2011 – Tradução



Bill : “Tóquio é uma cidade com que sempre sonhamos visitar. Agora, que tivemos a oportunidade de vir, estou muito feliz.”

Eles disseram que um nome japonês soaria bem, daí o nome Tokio Hotel. Em 2001, numa cidade no Este da Alemanha, Os irmãos de 12 anos, Bill e Tom Kaulitz formaram uma banda. Assim que se estrearam em 2005, tornaram-se um fenómeno de sucesso em toda a Europa. Até agora já ganharam inúmeros prémios e por todo o mundo há raparigas malucas por eles. Agora estão em Tóquio e podem observar no local a cidade que deu nome à banda. Eles querem ter sucesso no Japão, então lançaram um álbum aqui.

Tom : “Este álbum é uma mistura de músicas dos nossos álbuns anteriores. (Tal como foi o álbum em inglês “Scream”,o que dá uma oportunidade às pessoas que os ouvem pela primeira vez conheçam a sua música.)”

Bill : “Porque o capa do álbum até tem influências japonesas, espero que as pessoas que nos ouvem tenham a oportunidade de ouvir as nossas melhores canções.”

Podes também ver o crescimento da banda, e diferentes sons no álbum. Embora o metal e o techno sejam populares na Alemanha, os Tokio Hotel têm um ” único e fascinante”groove”.

Bill : “Não estamos restringidos ao senso comum, procuramos sempre um novo “groove”. É por esta razão que as canções têm estados de espírito diferentes.”

Tom : “Eu não sei como será a nossa próxima mudança, de qualquer modo é este o charme da nossa banda. No futuro iremos fazer músicas que não terão techno nem metal. A banda tem a oportunidade de mudar o seu som”

A razão da liberdade da banda respeita-se, têm todos diferentes visuais “atmosféricos”. (isto quer dizer que tem estilos diferentes e que se respeitam, penso eu). Bill tem uma aparência sexy e misteriosa o que é impressionante. No passado ele já fez de modelo num evento de moda.Hoje ele está a usar pela falsa e saltos da Dior (penso eu).

Bill : “A pele é falsa porque sou vegetariano. A par da moda eu só visto o que quero.Mas o meu estilo é também uma expressão musical. Eu tento olhar por um estilo que motivará todo o mundo.”


Fonte e Tradução: THZone



Bravo: "A nossa mãe só se desiludiu uma vez" - Tradução




Bill sobre o Bill
Eu nunca tive problemas em ficar sozinho, muito pelo contrário. No jardim infantil havia uma pequena casinha, um canto acolhedor (com almofadas e peluches), onde podíamos estar com os amigos. Eu realmente não gosto desses dias, preferia muito mais ficar em casa o dia todo. Escola também não era nada agradável. Mas sem isso tudo, não podíamos crescer perante a vida. É por isso que eu decidi ir de qualquer forma.

Estou tão feliz por ter a minha mãe na minha vida. Ela é mesmo importante para mim. Sempre me apoiou a mim e ao Tom, assim como na música.

Ela até já fez de motorista a levar-nos aos concertos. Era fixe, mas também haviam regras e restrições de casa a cumprir. Mas não que isso fosse mau.

As coisas ficaram mais difíceis quando os nossos pais se divorciaram. Tínhamos seis anos nessa altura. Foi um sentimento estranho poder pensar que o nosso pai não ia mais viver connosco desde aquele momento. Foi algo terrível na altura. Mas hoje eu não tenho mais nenhum problema com isso, percebo muito melhor. Era muito pior se os pais ficassem juntos só por causa dos filhos.

Entre a nossa mãe e nós sempre houve um bom relacionamento.

Uma vez que ela estava mesmo zangada e desiludida connosco, foi numa reunião de pais, na escola. Todos os pais reclamaram sobre nós. Queriam tirar os filhos da turma por nossa causa. A minha mãe não ficou contente com isso, claro. Mas os pais das outras crianças nunca tinham ido muito connosco.

Fomos autorizados a ficar fora até muito mais tarde à noite. Isso foi mesmo fixe. Eu, no entanto nunca tirei muito proveito disso, nunca cheguei a casa totalmente bêbedo nem fiz figuras à frente da minha mãe.

Pessoas que também sempre gostaram de nós foram os nossos avós. E a avó e o avô são os nossos maiores fãs. Eles vêem tudo o que é mostrado na TV sobre nós e compram as revistas todas. Nós podemos sempre depender deles.

Na escola, era uma situação diferente. O Tom e eu só tínhamos um melhor amigo: Andreas. Eu nunca quis gastar muito tempo com as outras pessoas. Eram todos burros armados em espertos e graxistas (lambe-botas). Além do que diziam sempre que andava com a cabeça nas nuvens.

Nunca me importei muito e hoje muito menos. Eu sempre tive um único hobby: a música. E que se mantém até hoje. Quando tenho tempo livre, deito-me a ver televisão no sofá ou vou a uma festa. Eu já tentei andar de cavalo, embora tenha um terrível medo de cavalos. Por sorte nada aconteceu comigo. Eu ainda não tive nenhuma lesão muito grave. Só que sempre andei nos hospitais. Nada de mais: uma vez um mosquito mordeu-me no ouvido. Como sou alérgico a mosquitos fiquei lá internado. O Tom ia me ver todos os dias. Ele é realmente querido, na sua maneira. A única coisa que eu realmente não gosto nele, é o comportamento machista. Ok e o estilo também não é a minha onda. Mas o que importa é que ele gosta. Nós sempre fizemos o que nos agradava.

Eu estou mesmo surpreendido com a reviravolta que a nossa vida deu, toda esta mudança. Mas está a ser muito divertido! No entanto há um esforço muito maior do que tinha pensado. Toda a gente pensa que quando se é famoso tudo é fácil e aparece de mão beijada. Isso não é verdade. Temos que trabalhar muito para que isso aconteça. Mas vale a pena. Eu não iria querer fazer alguma outra coisa, apenas a música. Muitas pessoas perguntam-nos se a fama nos mudou. Eu não acho que isso interfira. Se assim fosse a nossa família já tinha posto fim a isto tudo, há muito tempo. Eu vou ser sempre o mesmo. Ambicioso e preguiçoso e também um pouco egoísta. Não importa o que as outras pessoas dizem de mim. E a coisa mais importante na minha vida sempre será a minha mãe, o meu irmão Tom e a nossa banda Tokio Hotel!

Tom sobre o Tom

A amizade é muito importante para mim. Dá-me força. Na pré-escola tive o meu primeiro verdadeiro amigo. Nós sempre íamos sempre à procura de sarilhos com os mais velhos. Achávamos extremamente cool. Mesmo que fossemos mais pequenos que os outros, nós vencíamo-los sempre. Infelizmente o meu amigo mudou-se para outra cidade, foi tão triste. Nós não nos vemos desde então, mas ele era o meu melhor amigo.
O Bill e eu fomos criados como "chave" em crianças, porque os nossos pais trabalhavam Isso significa que estávamos em casa sozinhos ou com os nossos avós.
Mas quando eles não tinham tempo para nós à tarde, tivemos que ir para o "hort” (tipo ATL). Eu odiava-o. Em primeiro lugar, não me dava bem com as outras crianças, em segundo, a comida era péssima. Lá sempre houve o "Dead avó", (que é um bolo de carne com molho horrível). Em terceiro lugar, tínhamos que fazer os TPC’s lá. Quando acabávamos os TPC, éramos autorizados a sair e a jogar. Acontecia sempre algo com as meninas, quando tu jogavas "Völkerball" com elas uma vez, elas apaixonavam-se por ti. Foi aí que a cartas de amor começaram. Nas cartas dizia: “Podemos encontrarmo-nos no "tubo"? Sim, Não ou Talvez. Era um tubo em que podíamos rastejar, todos estavam lá sempre a beijar. Depois tivemos que sair da “hort”. Eu pensei que era excelente!
Então, quando finalmente cheguei à escola, estava muito feliz! Ainda me lembro o que estava dentro da minha mochila. Não era apenas recheados com doce, lá estava o meu livro didáctico, o meu Pencilcase, marcadores e um monte de coisas. Eu estava tão feliz com essas coisas. Eu me sentia-me muito crescido nesse dia. Se eu soubesse que iria ser uma “merda” como na pré-escola, eu nunca teria ido. A partir do segundo dia, eu odiava tudo. Nós estávamos proibidos de falar uns com os outros durante a aula, mas é claro que nós não o cumpríamos. O nosso professor era completamente aborrecido. Ele não gostava de mim nem do Bill logo desde o inicio. É claro que nunca queria voltar para a escola, mas nossa mãe obrigou-nos. Fora isso com a escola, a nossa mãe não era muito rigorosa connosco. Eu sempre tive um grande vínculo com ela. Ela sempre me ajudou a mim e ao Bill quando tínhamos problemas.
Sempre pudemos tomar as nossas próprias decisões, por isso eu sei o que gosto e o que não gosto. Algo que eu adoro é o esparguete dos meus avós. A minha avó é a melhor cozinheira e faz um molho delicioso. Eu tentei cozinhá-lo da mesma maneira, mas não consigo. Acho que deve ser suas panelas especiais. Era por isso que íamos sempre para a casa da minha avó jantar depois da escola. Ela muito próximo da escola em Magdeburg. O meu avô foi o meu modelo. Para fazer com que ele gostasse ainda mais de mim, fui para o Karaté. Mas eu não gosto desse desporto. Ao inicio, pensei que ia desapontá-lo por não gostar, mas ele não se importou. Depois da 4ª classe saímos da nossa aldeia. Na cidade nova, os outros miúdos tentaram assustar-nos e “afugentar-nos” da escola porque nós tínhamos sempre cartinhas de amor. Mas eles não conseguiram… E eu continuo a receber cartar de amor…

Tradução: Raquel e Tânia

Fonte: AstúriasTH

Welcome to the bed Party


Onde os teus sonhos se realizam xD nº 483

You Know... We are aliens...


doingg.......... doinnn

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

FanAction - Hurricanes and Suns nas Radios Nacionais

Pedimos a todos que partilhem o novo vídeo «Hurricanes and Suns» pelas Rádios Nacionais através do Facebook.

Vamos fazer com que este ano os Tokio Hotel sejam relembrados pelo seu mais recente álbum de compilações intitulado «Best Of», à venda desde 14 de Dezembro de 2010.

Agradece-se toda a ajuda. Será muito bom começarmos o ano, chamando a atenção das rádios para que os média portugueses vejam que o público fã dos Tokio Hotel ainda está cá e que continuam a desejar, como já têm demonstrado, ouvir a música da banda na rádio nacional.

Aqui podem aceder aos Facebooks de algumas rádios portuguesas:

Rádio Comercial

Cidade FM

RFM

Se possível, divulguem também por outras rádios que conheçam (Renascença, Antena 1, etc.).

Fonte e Iniciativa: THZONE


Brasil mostra o seu agradecimento

Os fãs do Brasil, organizaram um projecto chamado “Der 23.11.10 wird niemals aussterben”, que se trata de um video de agradecimento pelo concerto da banda no Brasil, dia 23/11/10.
Podem ver o video no site oficial dos Tokio Hotel, no separador Fanvideos intitulado de "Brazil LOVES TH"

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Sim sim hummm

Tradução da Revista "GQ nº94 Japão"

Os “novos” rapazes terríveis

A superar a Lady Gaga?

A famosa banda alemã do mundo inteiro finalmente desembarca no Japão!

“Tokyo é uma cidade com uma beleza impressionante. O nome da banda não vais mudar, já foi projectado para isso mesmo”
Tokyo tem uma certa alegria fascinante de ilogiar a beleza dos jovens Tokio Hotel, agora a conquistar o mundo alemão, o representante do grupo, Bill Kaulitz. Com a nova canção “Darkside of the Sun, finalmente realizaram o sonho de ir ao Japão.
E Tokio Hotel que nasceram no ano da queda do muro de Berlim, com Tom e Bill e também os importantes Georg e Gustav respectivamente baixista e baterista.
“Depois da queda do muro de Berlim, respira-se ar livre” sobre a música, pop-rock, metal e electrónica. Não é possível distinguir os vários tipos de luzes e alegria da beleza da música.

Tradução: Tânia

Fonte: OGTHS

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Melhores Gargalhadas

Oh meu Deus, que queridos e divertidos, é impossível não sorrir a ver este vídeo.

O Photoshoot Secreto do Tom


Tom Kaulitz e o seu cão. Foto censurada, mas que as groupies conseguiram resgatar xD
Fonte: ATH

VideoClip Russo

Parece que uma banda russa decidiu fazer uma referência no videoclip com uma emitação do "Bill Kaulitz" e o "Robert Pattinson"

Fonte: ADM

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Personaliza o Msn

Faz download destes emotions oficiais para o teu msn. Download

Isto é que é ginástica


Tokio Hotel de uma forma bastante original
Fonte: THMalasya

Monsoon Loja




Ver também

Fashion in L.A.

Chegados a Los Angels, os manos partem às compras e convertem-se em autênticos socialites americanos :o

De Leipzig a Hollywood

As novas estrelas de Hollywood. Que mais se pode dizer disto?

Kaulitz nos USA :O

OMG, parece que o Tom e Bill arranjaram umas novas companhias na América... Por favor, salvem os Kaulitz xD

Foto em HD

Os irmãos Kaulitz e o cão deles. Simplesmente lindo!

sábado, 22 de janeiro de 2011

Maquilhagens e Cabelos Tokio Hotel

Maquilhagem do Bill Humanoid/Automatic:















Unhas com logo TH:



Trancinhas do Tom:

Analisar a Escrita do Bill



Personalidade analisada com a sua escrita:
-Uma carreira de muito sucesso;
-Não tem medo de mostrar emoções;
-É rebelde;
-Honesto, mas às vezes demasiado;
-Tem tendência a ser imaturo e pode ser egoísta e egocêntrico;
-É muito preocupado;
-Pessoa atenta;
-Emocional / cansado;
-Gosta de estar sozinho e  tende a retirar-se dos outros por falta de confiança.


Personalize o seu blog

'Não gosto do fundo do blog? Alterá-lo para outro!